Quem deve fazer a sinopse do livro: o autor ou a editora?

por Geisiane Alves

Saiba como fazer uma sinopse

book-1667826_1280Depois de escrever o livro, editá-lo e criar a arte da capa, chega a hora de fazer a sinopse. Mas o que poderia ser uma tarefa simples e rápida torna-se o erro ou mesmo pesadelo de alguns autores. Isso acontece porque, ao fazer uma publicação por uma editora de autores independentes, você tem a autonomia para controlar todo o processo e, por conseguinte, deve determinar qual será o texto sinóptico a ser inserido na contracapa para apresentar o seu livro.

Até aí tudo bem. Mas então o que escrever para a sinopse do livro? Como fazer uma sinopse? Indubitavelmente você sabe do que se trata o seu livro e para qual público se destina, mas como colocar tudo o que se quer dizer ou o que se pensa que deve dizer em poucos caracteres? Assim, este é o impasse: fazer uma síntese do que é tratado em seu livro.

Deve-se ter em mente que não precisa ser um bloqueio, mas encare como uma forma de “vender o seu peixe”, expor pontos importantes que serão ao seu favor, ou seja, seu marketing. Então faça com gosto e procure não se estender. Aqui vale a mesma regra para a elaboração dos títulos.

Fato importante: se for ficção, de forma alguma dê spoilers da história (falar abertamente do desfecho – nunca!) e cuidado também para não abusar das indiretas e o que pode ser capturado nas entrelinhas por leitor mais atento. Em livros de ficção fazer uso de trechos do livro pode ser um recurso bastante interessante e serve como sinopse também. Mas procure adicionar alguns questionamentos, como, por exemplo: “Poderá um grande amor sobreviver às barreiras do destino, ou do tempo…”; uma chamada que proporcione um suspense, que envolva o leitor para a história que será narrada.

Sugestão quanto à sinopse: tendo em vista que o ponto atraente e bastante apreciado pelo leitor é a quebra de expectativa ao final, na contracapa não deve ser dada nenhuma revelação. O ideal é que haja uma apreensão em relação ao desdobramento da história, como foi dito, tocando em apenas alguns pontos que em nada “contarão” sobre o desfecho. Sendo assim, na sinopse poderia ser abordado sobre os aspectos basilares da narrativa, deixando esclarecido que haverá barreiras a serem enfrentadas pelos heróis ou anti-heróis, convidando o leitor a ler e a descobrir o que acontecerá. Fazendo assim, os seus leitores se surpreenderão com o enredo!

Outro meio cativante (este caso seria para os livros de não ficção) podem ser os famosos depoimentos, em que pelo olhar “imparcial” de outra pessoa passa-se uma credibilidade a mais em relação ao autor e à obra. Mesmo que não se opte por esse caminho, inserir uma citação de figuras renomadas ou de amigos é uma forma instigante de “fechar” a sua sinopse. Nesses casos é imprescindível ser claro e objetivo, relatando exatamente o que o público encontrará, encerrando o texto com os diferenciais do seu livro e os proveitos para aqueles que vão adquirir um exemplar.

Seguindo essas dicas, com certeza conseguirá atingir o seu propósito, e o seu livro terá grandes chances de ser um sucesso.

 

Então, quais as duas dúvidas sobre o processo de publicação de livros? Entre em contato conosco e o ajudaremos!

 

Designed by Pixabay.com